quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Edenilson Tibúrcio

O bibliotecário chefe da biblioteca municipal de Atibaia: Edenilson Tibúrcio concedeu uma entrevista ao nosso blog contando um pouco sobre o seu trabalho.
A biblioteca central de Atibaia está sempre com as portas abertas ao público e aos projetos dos escritores da nossa cidade.


Ala Jovem- Quais são os projetos da Biblioteca Municipal?

 EDENILSON TIBÚRCIO-Projeto: Automação/informatização
Automação é um processo que agiliza e amplia o acesso à informação, facilitando o trabalho administrativo das Bibliotecas, e principalmente a consulta do leitor. Proporciona a interação entre o conhecimento registrado e o usuário.

Projeto: Oficina de Criação Literária
A Biblioteca central incentiva a Oficina de Criação Literária, coordenada por Juliana Gobbe.

Projeto: Teatro na Biblioteca
Para amantes do teatro, oferecemos a oportunidade de apresentarem peças teatrais na Biblioteca do centro.
Em outubro de 2010 foi apresentado a peça teatral “Os Três Porquinhos”. Direção de Fábio Siqueira do Amaral com apoio de Myrthes Neusali Spina de Morais e cenário de Nestor Lampros.
Personagens e elenco:
Contadora de histórias: Myrthes Spina, Juquinha fazendeiro Jean Ribas, Lobo Mau Leonardo Andrade, Bolão Rafael Perini, Bolinha Francisco Eulândio e Bolão Edenilson Tibúrcio Biblitecário.
A contadora de história resolve relembrar a história dos Três Porquinhos, e inclui um novo personagem: o Juquinha fazendeiro, que torna-se o herói ao salvar os três fujões (bolão, bolinha e bolota) das garras do terrível lobo mau, que depois, arrependido de suas maldades e por não ter amigos, resolve mudar sua conduta.
A peça incentiva a amizade, o bom comportamento, a obediência e o respeito para os bons conselhos. 



Ala Jovem-Qual é a frequência de público na biblioteca?  

Estatística anual de 2010

 EDENILSON TIBÚRCIO- Frequência de usuários da Ala Adulta = 40.619
Frequência de usuários da Ala Infanto-juvenil = 11.636

ALA Jovem-Quais são os lançamentos do acervo?

EDENILSON TIBÚRCIO-Livros que foram incorporados no acervo em abril de 2011. 



Ala Jovem-Com que tipo de literatura o público se identifica mais?

EDENILSON TIBÚRCIO-Romance no geral, suspense, aventura, biografia, policial e clássicos da literatura brasileira.

Ala Jovem-Quais foram as últimas premiações que a biblioteca recebeu?

EDENILSON TIBÚRCIO-Conforme levantamento do 1º Censo Nacional das Bibliotecas Públicas Municipais, o Ministério da Cultura classificou a Biblioteca Pública Municipal de Atibaia entre as 100 melhores do Brasil. Das 5.565 cidades brasileiras pesquisadas, Atibaia ocupa a honrosa 95ª posição, e no Estado de São Paulo, Atibaia está em 26ª classificação.



Ala Jovem-Qual é o papel da leitura na transformação do mundo?

EDENILSON TIBÚRCIO-A leitura amplia o conhecimento, desenvolve a criatividade, o raciocínio e a visão crítica. Ela nos permite viajar na imaginação, proporcionando a mágia da leitura.
Através da leitura aprendemos, e desta forma nos transformamos culturalmente e socialmente, mudando a própria maneira de agir, pensar e falar. É uma mudança pessoal e gradativa, mas reflete na sociedade, e dessa forma que a leitura atua na transformação do mundo, agindo em cada indivíduo.

Biblioabraço!
Juliana Gobbe

domingo, 23 de outubro de 2011

Curso de Contação de Histórias

A contadora de histórias Bernadete Pacheco traz para a nossa cidade mais uma vez o festejado curso de contação de histórias.
Dia: 29/10/11
Local: Auditório do Hospital Novo Atibaia
Horário: 9:00 às 14:00hrs
Maiores informações: 4412-39-81
Não Percam!





Abraços,

Juliana Gobbe

domingo, 16 de outubro de 2011

CAMINHO DE SANTIAGO EXTRA PRIME


por Marcelo Sguassábia

Ilustração: Thiago Cayres

Tragam-me uvas frescas e tâmaras secas, imediatamente. A um estalar de dedos, quero caviares russos recém-embalados, trufas brancas de Piemonte e leite de cabra para hidratar os pés.
Alguns condenam-me pelo excessivo fastio nessa empreitada onde deveria prevalecer o sacrifício. Respeito, mas contesto. Afinal, o próprio Santiago foi um VIP. Quer existência mais VIP do que ser um dos eleitos de Jesus Cristo, predestinado entre milhões para entrar  na história do mundo como um dos 12 apóstolos? O homem foi escolhido a dedo pra subir aos céus sem escala, com toda a pompa que os mártires merecem.
Sem querer insultar o santo, como quase todo VIP o nosso herói de Compostela soube se promover e atrair para si os holofotes da época. Reza a lenda que o glorioso Santiago quis que seus ossos fossem descobertos, após séculos esquecidos numa arca de mármore. Para tanto, patrocinou noites e noites seguidas de chuvas de estrelas, no Bosque de Libredón, onde foi enterrado. Alguém contesta que isso é gostar de aparecer? Entendo que, se ele permite que eu complete meu caminho com todas essas regalias a que me entrego, é porque o procedimento não destoa do seu código de conduta enquanto santo de primeiro time. Caso contrário, faria recair a ira divina sobre minha carcaça.
O que importa é concluir a jornada, seja lá como for. Se o faço com banquetes a cada quinhentos metros, é porque Deus me julga abençoado e concede-me a graça de que assim seja. Os que se penitenciam passando sede, fome, cãibras e dores no corpo de caso pensado, assim o fazem provavelmente por terem a consciência pesada e por saberem que devem se sacrificar para alcançar a misericórdia divina. Não é o meu caso. Sou um homem justo e de consciência limpa. Pago religiosamente sete nonos de um salário mínimo a cada um desses serviçais que me transportam na liteira e me abanam com plumas de avestruz, em turnos de 16 horas com 30 minutos de merecido descanso para um naco de goiabada. Nem Salomão dispensaria melhor tratamento a seus escravos.
Quando me enfastia ficar deitado entre linhos e sedas, apeio do meu dossel ambulante e caminho uns três minutos, não sem antes cobrir-me com o véu antimoscas, calçar meu tênis com quatro exclusivos sistemas de amortecimento simultâneo e levar comigo um razoável estoque de Perrier a -3ºC. Compreendam que uma empreitada de 800 quilômetros para purificação do espírito não pode levar à destruição do corpo. E sendo ele a morada da alma, deve ser tratado a pão-de-ló. Agora, se me dão licença, é hora de aparar minhas cutículas.
© Direitos Reservados
Marcelo Pirajá Sguassábia é redator publicitário e colunista em diversas publicações impressas e eletrônicas.
Blogs:
www.consoantesreticentes.blogspot.com (contos e crônicas)
www.letraeme.blogspot.com (portfólio)

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Semana do Livro e da Leitura.

A semana do livro e da leitura organizada pela secretaria da educação da cidade constitui um amplo projeto  literário de inserção das crianças ao maravilhoso mundo da leitura. O evento acontece no parque Edmundo Zanoni com atrações imperdíveis para todas as idades.

video 

Abraços,
Juliana Gobbe

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Suprassumos da quintessência

O papel é curto.
                                                         Viver é comprido.
                                                                       Oculto ou ambíguo,
                                                           Tudo o que digo
                                                                           Tem ultrassentido.
                                                                          Se rio de mim,
                                                               Me levem a sério.
                                                                             Ironia estéril?
                                                               Vai nesse ínterim,
                                                                              Meu inframistério.
                                                                  
Paulo Leminski

Abraços,
Juliana Gobbe